O CEO do Neon explica a tecnologia por trás de seus super humanos "humanos artificiais"