Campanha publicitária envergonha o Facebook por patrocinar o evento Kavanaugh