O Facebook não chama mais os usuários de indesejáveis ​​em rejeições de anúncios