Um algoritmo de assistência médica que afeta milhões é tendencioso contra pacientes negros