O CEO da Salesforce odeia a Seção 230, mas seus advogados certamente não