Funcionários da Blizzard saíram em protesto após proibição de jogadores pró-Hong Kong