Fabricantes independentes de jogos se abrem sobre o dinheiro que realmente ganham